Skip to main content
COVID-19:

História Grupo Bensaude

Este é o seu Banco.

História Grupo Bensaude

 

A Família Bensaude iniciou a sua atividade comercial nos Açores, em 1820, como importador e distribuidor de têxteis originários do Reino Unido e como exportador de cereais e laranjas, dando origem a um Grupo de empresas que manteve, desde então, a sua natureza totalmente familiar.

Dedicando-se, numa primeira fase, às áreas estratégicas do comércio e dos serviços de navegação, o Grupo expandiu as suas atividades e zonas de atuação a partir da segunda metade do século XIX. Esteve ligado ao negócio de fornecimento de carvão à navegação, desde 1868. Ao longo das décadas que se seguiram, a família Bensaude encontrou-se associada a projetos inovadores, de cariz agroindustrial, a par de investimentos, na área financeira e industrial, que contribuíram para a integração dos Açores na economia continental.

Assim, a partir dos Açores, o Grupo Bensaude alargou a sua atividade de agentes e transportadores ao resto do país, desenvolvendo o seu negócio na Europa e estabelecendo contactos internacionais. Com escritórios nos Açores e em Lisboa, para onde havia transferido a sua Sede em 1870, a "Bensaude & Ca. Lda." cria nesta cidade, a Parceria Geral de Pescarias, Lda., especializada na pesca do bacalhau e a Empresa Insulana de Navegação, que passa a ligar o continente português aos Açores e à Madeira. Lança, ainda, novos empreendimentos, como o Banco Lisboa & Açores.

Na área da energia, o Grupo Bensaude desenvolve uma atividade pioneira e continuada desde 1868, data a partir da qual se inicia, a partir do Reino Unido, a importação, armazenamento e fornecimento de carvão à navegação que demandava os portos de Ponta Delgada e Horta. Posteriormente, a partir de finais da segunda Guerra Mundial, com o declínio do consumo de carvão fornecido à navegação, a Bensaude & Cª. adquire a sua primeira Instalação de Armazenagem de Combustíveis Líquidos, na Ilha de São Miguel, através da qual é iniciada a comercialização de Fuelóleo, atividade que se tem mantido ao longo destes últimos 60 anos.

Na área do turismo, o Grupo Bensaude foi igualmente pioneiro com a criação, em 1933, por Vasco Bensaude, da Sociedade Terra Nostra e aquisição do Parque Botânico adjacente e com a construção em 1939, do Campo de Golfe Terra Nostra, o primeiro dos Açores. Posteriormente, foi adquirida e transformada em hotel de qualidade e de charme, uma antiga residência senhorial que resultou na abertura, em 1965, do Hotel São Pedro, na frente marítima da cidade de Ponta Delgada. Durante anos, estes locais de exceção identificaram o Grupo Bensaude com o conceito de turismo e de hotelaria de elevada qualidade nos Açores. Todos estes projetos foram continuados por Filipe Bensaude.

Com as transformações políticas verificadas em Portugal no último quartel do séc. XX, a sede do Grupo regressa, em 1976, à ilha de S. Miguel, estabelecendo-se no Largo Vasco Bensaude, n.º 13, em Ponta Delgada, nas instalações que tinham sido adquiridas à antiga Misericórdia, por Salomão Bensaude, no início da segunda metade do séc. XIX. A instabilidade do período então em curso provocou uma profunda modificação no Grupo, na sequência das nacionalizações ocorridas na banca, seguros, transportes aéreos e na indústria do tabaco. Fruto da necessidade de adaptação à nova situação, o Grupo apostou, então, na consolidação das suas áreas estratégicas, nomeadamente os combustíveis, o turismo e os transportes marítimos e terrestres, situação que se tem mantido até hoje.

Ao longo dos últimos anos, a par do crescimento verificado nestes setores estratégicos, o Grupo Bensaude tem procurado diversificar a sua carteira de negócios na área do comércio, ambiente e energia.

São várias as contribuições filantrópicas exemplificativas da ligação da família com as Ilhas Açorianas e as suas comunidades. No início do séc. XX, José Bensaude, fundador da Fábrica de Tabaco Micaelense, já era respeitado por conjugar os interesses empresariais com preocupações de cariz social e cultural. É na continuidade dessa tradição já secular que o Grupo Bensaude procura apoiar as mais diversas iniciativas, de natureza institucional, coletiva ou individual, com a preocupação de viabilizar projetos relevantes nos domínios mais diversos, nomeadamente no âmbito cultural e científico.